Injeção, no seio do tecido adiposo, de substâncias que literalmente destroem as células gordurosas

Este tratamento é também conhecido por Intralipólise, é feito através da injeção, no tecido adiposo, de fosfatidilcolina e deoxicolato que atuam nas células gordurosas. A Fosfatidil Colina é um dos constituintes das membranas das células e provoca uma dissolução destas membranas dos adipócitos. Atualmente, existem estudos sobre o seu eventual papel na dissolução das placas de gordura das artérias, na arteriosclerose. O grupo de estudo NetworkLipolysisé um exemplo dos vários que se dedicam à análise da atuação deste produto.

A sua inocuidade quando administrada por um médico foi demonstrada em vários estudos.

No caso dos tratamentos de estética, a Fosfatifil Colina serve para tratar gordura localizada e nunca para emagrecer. É um método de remodelação das formas do corpo que podem beneficiar especialmente deste tratamento, como anca, barriga e cartucheiras.

Idealmente, destina-se a pacientes que têm 3 ou 4 kgs a perder, em zonas delimitadas e que resistem ao exercício físico e a dietas. Depois da aplicação do produto surge uma inflamação local, que pode durar 10 dias, mas que tem tendência a diminuir nas sessões seguintes, existindo apenas uma sensação de dorido. Quando a indicação é adequada, o efeito é espetacular: em algumas sessões a pessoa constata resultados, perdendo centímetros de celulite e gordura. Para além da inflamação durante uma semana, as nódoas negras provisórias são o único efeito secundário notório. As sessões têm, no mínimo, 15 dias de intervalo e necessitam de massagens localizadas, de tipo LPG, para melhorar e acelerar os resultados, nos intervalos das aplicações.

Em geral, são feitas 4 ou 5 sessões, cuja aplicação é menos dolorosa que a Mesoterapia, associadas a 6 sessões de lipomassage ou Ultrasons, com resultados definitivos 2 meses depois da ultima sessão.

O preço por sessão é de 60 €