Mas afinal, o que é o tão aclamado Babybotox?

Do outro lado do atlântico, fala-se do buzz do momento: Babybotox.

Todos os americanos estão adorando fazer este tratamento, reconciliando definitivamente a tão mal-falada toxina botulínica com todos aqueles que a criticavam ou a temiam.

O que se passou? Após os primeiros anos de aplicações da toxina em doses "estandardizadas", começou a ser evidente que era preciso adaptar as doses para cada caso. Para quem tem poucas rugas de expressão, não é necessário tanto produto para conseguir o efeito rejuvenescido e repousado que confere o tratamento.

De facto, o efeito demasiado marcado pode dar aspeto de múmia e pouco natural ao rosto. Isso chegou mesmo a afugentar quem fazia pela primeira vez sem peso e medida, ficando renitentes a futuras novas aplicações.

Desde há vários anos que constatamos que, também no Botox, o muito pode ser inimigo do melhor. Também as pacientes concordaram com aplicações de Botox que mantenham o aspeto natural, mesmo se deva ficar com algumas rugas. Muitas voltaram a reconciliar-se com o produto que as tinha desiludido.

Ver vídeo aplicação de Botox:

Assim ficou diferenciado o Botox para quem sempre teve muitas rugas de expressão, e o "babybotox" para quem quer dar apenas um aspeto repousado tendo poucas rugas na testa, pés de galinha e glabela.

Dr Manuel Jorge